Quem sou eu

Minha foto
Maricá - Itaipuaçu, Rio de Janeiro, Brazil
Sou poetisa, cantora, compositora e amante das artes.

terça-feira, 22 de setembro de 2009


COMO DIREI?
Beatriz Oliveira
Como direi que te acho lindo, se mal consigo te olhar nos olhos e estremeço quando em tua presença?
Como direi que te desejo, se meu melhor momento de intimidade contigo é tocar tua fotografia?
Como esquecerei a maciez do teu toque, se meu coração dispara ao lembrar da tua mão escorrendo pela minha?
Como direi a mim mesma que é impossível te beijar se teu sorriso me abre a alma e enleva o meu espírito?
Como poderei dizer “não” se, contra a minha vontade relativa, meu corpo inteiro grita: "absolutamente sim”?

terça-feira, 15 de setembro de 2009

APOLO /Beatriz Oliveira/



Apolo dança e me olha, como se dançasse pra mim. Como se a minha sede do seu corpo lhe embriagasse.
Não, Apolo não é mau. Só é menino. E a meninice pode ser má, vez por outra. Maldade inocente, se é que isso existe. Inconsequência... Apolo não pensa no ardor da minha alma, nem na dor do meu coração.
O coração maduro é frágil, como uma fruta madura.
Apolo dança sobre o meu coração e faz dele vinho.
E eu bebo...
Boba...

National Geographic POD