Quem sou eu

Minha foto
Maricá - Itaipuaçu, Rio de Janeiro, Brazil
Sou poetisa, cantora, compositora e amante das artes.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

HIPOCRISIA - Beatriz Oliveira




Você só pode entrar nessa festa se você usar roupas bonitas e perfumes caros. Nós não queremos saber onde você os comprou. Não queremos saber se foi com o seu dinheiro, do seu marido, da sua mãe, nem se você roubou, mas você precisa estar apresentável nessa festa.
Você também precisa sentar de pernas fechadas e cruzar as mãos sobre os joelhos em sinal de urbanidade, mesmo que, por dentro, esteja ardendo como um vulcão. Abafe-o!
Você deve desnudar a sua alma, mas não muito porque a nudez nos escandaliza. Ambas, tanto a do corpo quanto a da alma expõem a nossa fragilidade, os nossos receios e as nossas dúvidas quanto à nossa própria essência.
Seus problemas não devem ser bobos. Problemas bobos nos irritam, porque achamos que é perda de tempo ouvir você falar de coisas que resolveríamos num piscar de olhos quando, na realidade, não conseguimos resolver os nossos próprios problemas. Mas eles também não devem ser tão sérios, como que advindos de um passado mais sujo do que o nosso. E quem vai decidir isso somos nós, porque nós não conseguimos conviver com pessoas que estiveram no limbo. O limbo é como uma doença contagiosa. Ninguém jamais saiu ileso de lá!
Nós entendemos os problemas das pessoas e percebemos que cada um tem as suas próprias necessidades, desde que essas necessidades não se choquem com as nossas fôrmas, portanto entre na fôrma ou caia fora dessa festa! Nessa festa não há lugar para passados fétidos, traições, fraquezas confessas, palavrões escancarados. Nessa festa não há lugar para autenticidade.
Esse é um baile de máscaras: todos sentados em volta do salão, segurando as mãos sobre os joelhos em sinal de desespero, escandalizados com a sua dança nua e escancarada, todos com medo de, um dia, serem pegos dançando nus e escancarados no escuro de seus porões empoeirados, no fundo de seus próprios limbos de hipocrisia.


(Em homenagem a Tati – 08/11/2013)

National Geographic POD