Quem sou eu

Minha foto
Maricá - Itaipuaçu, Rio de Janeiro, Brazil
Sou poetisa, cantora, compositora e amante das artes.

sábado, 28 de abril de 2012

Consegui colocar duas crônicas num livro maravilhoso, junto com pessoas maravilhosas!!!
Não percam!!


http://www.clubedeautores.com.br/book/124645--Cronicidades

A SOLIDÃO

Música que ganhou o primeiro prêmio do Festival de Talentos do Tribunal de Justiça em 2002.


A solidão é fera,
Solidão é mais, muito mais que a dor
De uma pura mordida
Por demais voraz do leão do amor.

É rio seco que banhava a aldeia.
É brilho fosco que não mais clareia.

A solidão é água,
Solidão é ar que falta no peito
De quem desesperou
E já se afogou e ão tem mais jeito.

É rio seco que banhava a aldeia.
É brilho fosco que não mais clareia.

A solidão é selva,
Solidão é a alma de uma dupla atriz
Que encena seus desejos,
Tem fome de beijos
E não é feliz.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

AQUILES - Beatriz Oliveira



Às vezes penso que há egos e egos...
Há quem tenha ego inchado e não tenha nada! Nem percepção de si mesmo, de seu alcance, de seu poder ou de sua eventual derrota.
Aquiles é diferente. Ele tem o ego inchado , mas sabe a justa medida de cada inchaço, sabe até onde ir, sabe quando recuar. Aquiles não é escravo do ego, ao contrário, ele o domina de acordo com as circunstâncias em conluio com os seus próprios interesses.
Deve-se aclarar que ego inchado, pura e simplesmente comporta um narciso irresponsável com tesão em si próprio e impossibilitado de se comer. E que um ego inchado com a consciência de sê-lo e o domínio de suas faculdades mentais aclaradas, este comporta um grande homem, forte, preciso, inteligente, ardiloso, objetivo, perceptivo, atento, corajoso, iminente, pronto para ser o maior homem que o mundo lhe exigir ser, um homem sem amarras, sem dogmas, um... Aquiles!
Eu venero o mito Aquiles.
Oxalá houvesse aquiles entre nós atualmente...
Ocorreu um erro neste gadget